Menu

Apresentação
    O que é a Ordem
    A Fundação
    O Fundador
Sessões
Notícias
Programação Anual
Publicações
Orações e Hinos
Cadastre-se
Links Úteis
Glossário
Onde estamos
Fale conosco

Gênios e Vibrações

/

Aniversários Mês

 06/03 - Jocelen de Nazare Freitas Galdino
 06/03 - Marcelo Vilardo
 07/03 - Marcia Guerra
 07/03 - Sandra Ramos da Silva
 07/03 - Fátima
 07/03 - Jalpery
 07/03 - Nise
 07/03 - Lucy
 08/03 - Rajan do Nepal
 08/03 - Milena Cordeiro Miranda Machado
 09/03 - Vera Lúcia C. N. Iannuzzi
 09/03 - Rosalina
 09/03 - Vald Lena
 09/03 - Tatiana Cristina de Castro Silva
 10/03 - Sanddy Kappa de Smyrna
 10/03 - Eliane
 10/03 - Beatriz
 10/03 - Soraya do Saara
 11/03 - Meire
 11/03 - Walfrido Brito Pinheiro
 11/03 - Ana Cristina Souza Cardoso
 11/03 - Marilea
 11/03 - Sabrina
 11/03 - Paulo Rogério
 12/03 - Lucia Helena Gentil Coimbra
 12/03 - Foé de Cantão
 12/03 - Maria Luiza Araujo Costa Pereira
 12/03 - Viviane Pereira da Costa
 13/03 - Guy de Yvoxy
 13/03 - Nehru Atma de Krishna
 13/03 - Lélia
 13/03 - Carlos Americo
 13/03 - Valeria
 13/03 - Wanda Araujo Resende de Sousa
 13/03 - Nannah Cosme
 14/03 - Josely Lana
 14/03 - Maria Augusta
 14/03 - Patricia
 15/03 - Liane
 15/03 - Odiny de Mimir
 15/03 - Patrícia
 15/03 - Andreia
 15/03 - Andrea
 16/03 - Maria de Fátima
 16/03 - Aurora do Fênix
 16/03 - Valeria
 16/03 - Andréa Marinho Coutinho
 16/03 - Flávia
 17/03 - Semíramis Costa Dantas
 17/03 - Sérgio
 17/03 - Carolina Silva
 17/03 - Patrícia
 18/03 - Denise
 18/03 - Renata
 18/03 - Ronualdo
 18/03 - Khriméia de Shallon
 19/03 - Catarina Dos Anjos
 19/03 - Rita de Cássia
 19/03 - Alda
 19/03 - Mirna Karinna
 19/03 - Flavine
 20/03 - Thelma
 20/03 - Luís Mauro de Alvarenga Marnet
 21/03 - Cláudia
 21/03 - Dhyâna Das Pâramitâs
 21/03 - Kátia Regina
 21/03 - Severino do Ramo Siqueira Santos Junior
 22/03 - Vânia
 22/03 - Marluci
 22/03 - Catia da Silva
 23/03 - Ananda de Jalilpur
 23/03 - Erica Fernandes da Sila
 23/03 - Absalão Manuel Gonçalves
 24/03 - Marco Cesar de Almeida Leonardo
 24/03 - Charliston Clayton da Costa Silva
 24/03 - Adriana
 24/03 - Zander Bastos Rocha
 24/03 - Kelly Cristina de Almeida Farias
 25/03 - Jose Rafael de Oliveira Carneiro
 26/03 - José Lelivaldo Lourenço Alcântara Leal
 27/03 - Bhâva de Bhakti
 27/03 - Roberto
 27/03 - Maria do Rosário
 27/03 - Jorge
 27/03 - Consuelo Bezerra Braga
 27/03 - Hélio Nunes
 27/03 - Mercedes de Barcelona
 27/03 - Mercedes de Barcelona
 27/03 - Annie
 27/03 - Patrick Orlando
 28/03 - Quab Pyr
 28/03 - Margarete
 28/03 - Imaniz Mojick
 28/03 - Imaniz Mojik
 28/03 - Vera Lucia Gadas Pacheco de Moraes
 29/03 - Pyatã Dos Tupi-guarani
 29/03 - Marcelo
 29/03 - Maria Lucia Zylbersztajn de Abreu
 29/03 - Pandita da Doutrina Secreta
 30/03 - Claudia Tereza Pinheiro
 30/03 - Floryomar Lopez
 30/03 - Bianca
 30/03 - Ana Paula Rodrigues
 31/03 - Julio Cesar
 31/03 - Marilia
 31/03 - Abba Dos Iczons
 31/03 - Mônica Cananéa Medeiros
 31/03 - Roseleyde Maria de Deus
 31/03 - Carlos Henrique
 31/03 - João Carlos Pinto Guedes Schmid Junior

Oração do Dia


 O que é a Ordem

Escrito por   Ésus da Gália 1. Sucessor de Xazyr I em Setembro/2007

 

A ORDEM DA COROA Instituição Espiritualista Oriental é uma organização (irmandade) místico – espiritualista, fundada em 8 de abril de 1997 por Ubirair de Barros Ferreira do Nascimento, de nome místico Xazyr I, inspirado pelo mentor espiritual o Divino Mestre SHIDHA, espírito ascencionado da 7ª. Lei da Evolução que, interligado com o nosso fundador, o inspirou a organizar as NORMAS MÍSTICAS e RITUAIS, que direcionam os fundamentos filosóficos e espirituais, com o propósito de proporcionar a todos que a procuram, sejam chelas (sócios) ou pacientes (público) a AUTO REALIZAÇÃO.

 Quando dizemos “místico” é porque nos ligamos a DEUS, no sentido do TUDO e do TODO, do qual fazemos parte, e “espiritualista” é porque acreditamos na eternidade e evolução do espírito, como parte deste TODO que é DEUS, que não tem princípio e nem fim. Nossos estudos se direcionam para o entendimento dos princípios e natureza cósmicas da existência, sintetizados em nosso hino composto por Xazyr I, justamente intitulado por ele como “O COSMO E O HOMEM”.

 Então, tais propósitos são alcançados através da Lei do Serviço e da Lei do Amor (pelos chelas), no entendimento da máxima do Divino Mestre SHIDHA que nos ensina que aquele que mais serve é o que melhor será servido” e por consultas e tratamentos (pelos pacientes). No caso dos pacientes, as curas acontecem pela Lei do Mérito de cada um, no uso do seu LIVRE ARBÍTRIO, pela Fé e o Amor que trazem no coração, levando-os ao estado de PHATAE = PAZ, HARMONIA, TRANQÜILIDADE, AMOR E EQUILÍBRIO, que é a síntese de tudo que qualquer ser pode desejar de bom e de belo para si.

Os RITUAIS utilizados nos tratamentos dos pacientes são ecléticos, originam-se da orientação do Alto Astral, e se baseiam em fundamentos do essenismo, do budismo, do cristianismo, do judaísmo, no entendimento da LEI MATER ou LEI DA EVOLUÇÃO, que está alicerçada em leis subsidiárias como as lei do MÉRITO, lei do LIVRE ARBÍTRIO, lei do DETERMINISMO de DEUS, lei do CARMA e dos PROCESSOS REENCARNATÓRIOS.

A partir das consultas, os pacientes são levados às reflexões para a auto crítica (do seu universo interior e de seus valores), mostrando a máxima de ZOROASTRO, de que “vivemos na matéria e da matéria, mas não podemos viver só para a matéria, e sim para DEUS”, e para auto-análise (das circunstâncias de sua vida), para possibilitar a assimilação dos conhecimentos e as conseqüentes transmutações, necessárias ao seu processo evolutivo, ocorrendo uma sensível elevação do padrão vibratório, já que entendemos que no Cosmo tudo é vibração, do mais denso e material ao mais sutil e sutilíssimo, como são as vibrações dos Mestres Ascencionados, que compõem a egrégora superior da ORDEM ASTRAL DE SHIDHA.

Por isso, entendemos que, embora sejam muito importantes para o direcionamento às vibrações elevadas, não são os RITUAIS que nos levam a DEUS, mas a Fé e o Amor no coração. Daí dizermos que ninguém cura a ninguém, num processo exterior, mas só existe a auto cura, que se dá de dentro para fora. Por esta simples razão, não podemos aceitar qualquer tipo de agradecimento pelas curas e objetivos (espirituais, mentais e materiais) alcançados pelos pacientes.

Na ORDEM DA COROA os médiuns são orientados a estar sempre atentos a manter a humildade como princípio básico do serviço espiritualista, pois eles são apenas um canal, um fio condutor, das vibrações do Astral, para o paciente utilizá-las e estabelecer a sua própria cura. Essa premissa nos é dada pela outra máxima do Divino Mestre SHIDHA: “servir sempre mais e cada vez melhor”.

Nossas atividades ocorrem através de: diversas sessões, públicas, internas (só para os chelas) e solenes (quase todas abertas ao público); cursos realizados pelo CEI – CENTRO DE ESTUDOS INICIÁTICOS, só para chelas ou pessoas autorizadas pelo Primaz; e dos Templos, onde chelas e pacientes podem fazer suas orações, meditações, concentrações e mentalizações, para o seu aperfeiçoamento e entendimento da realidade da vida, contando com a colaboração da força espiritual da egrégora superior da ORDEM DA COROA.

O CEICENTRO DE ESTUDOS INICIÁTICOS, dirigido pela Pedagoga, promove também cursos e palestras em nosso AUDITÓRIO XAZYR I, com temáticas de cunho filosófico, social, ecológico, esotérico, hermético, ocultista, espiritualista, religioso, científico ou mesmo físico de orientação para a saúde e participação cidadã de todo aquele que busca o aperfeiçoamento pela Lei do Amor.

A principal sessão para o público são as SPCs – SESSÕES PÚBLICAS DE CURA, que ocorrem diariamente (vide as programações), onde os pacientes podem fazer consultas e tratamentos ou, simplesmente, vir para receber passes magnéticos e receber altas vibrações espirituais; para os chelas, a principal sessão é a FCV – FORÇAS CONVERGENTES DE VONTADES, onde ele pode concentrar meditar e mentalizar sobre soluções para casos, assuntos, problemas ou crises, nos aspectos espirituais, mentais ou materiais da vida.

O chela tem como base da sua evolução, através das atividades exercidas na ORDEM DA COROA, o tripé formado pelo serviço espiritual (praticado nas sessões de cura para o bem do próximo), pelos estudos (no CEI) e pelas meditações e exercícios praticados nos templos, sozinho ou em sessões.

Todo serviço realizado é voluntário, sem nenhum tipo de remuneração aos seus chelas ou chattras, pois a ORDEM DA COROA vive das doações do público e das mensalidades de seus associados, apenas para custear as necessidades materiais básicas, como aluguel, luz, telefone e outros gastos inerentes ao seu funcionamento no plano físico.

A sede da ORDEM DA COROA está localizada à Rua Vicente de Souza, 12, em Botafogo – Cidade do Rio de Janeiro – RJ – Telefone: 2286-1556 (é uma pequena rua de apenas uma quadra, entre as ruas Muniz Barreto e Bambina, bem atrás do Shopping Botafogo).

Estamos de portas abertas a todos que estejam necessitando de PHATAE, que é o mantra ensinado pelo Divino Mestre SHIDHA, que quer dizer PAZ (de espírito), HARMONIA (do corpo), TRANQÜILIDADE (do espírito), AMOR (do seu DEUS interior) e EQUILÍBRIO (da mente).

A todos o nosso mais profundo NAMASTÊ!

PS: NAMASTÊ significa “o meu DEUS INTERIOR saúda o seu DEUS INTERIOR”.

 

Programação

   Março de 2021

Para refletir...

"Na vida não existem problemas, existem situações; o problema é a maneira com que vemos a situação."


2021 - Ordem da Coroa - Endereço:Rua Benjamin Constant, 28 - Gloria - Rio de Janeiro - RJ - Brasil
Telefone:55 (21) 2286-1556 e 55 (21) 2527-2295 | Email:ordemdacoroa@ordemdacoroa.com.br